GETSET

ROTINA NA HORA DO INGLÊS

“Tarefas que parecem incrivelmente complexas no início, como aprender a tocar violão e falar uma língua estrangeira, podem se tornar muito mais fáceis depois de executadas inúmeras vezes". É o que afirma Charles Duhigg, jornalista investigativo do New York Times. Segundo ele, todos começam com um padrão psicológico. Primeiro, há uma sugestão, ou gatilho, que diz ao seu cérebro para entrar em modo automático e desdobrar um comportamento. Depois, há a rotina, que é o comportamento em si.

Neologismo delivery

“Já vai stalkear o boy, amiga?”. Essa frase parece familiar? Mesmo que não seja, provavelmente já ouviu o verbo “stalkear” e/ou a expressão “boy”. Isso se dá a um fenômeno linguístico, o estrangeirismo – quando pegamos palavras emprestadas de outra língua. Vamos entender o que significam para não dar close errado.


Expressões feministas

“Hoje tenho um cofee break¹ importante e não sei como ficarão meus horários. Só sei que vai rolar um happy hour² para fugir da hora do rush³”. Provavelmente você já ouviu todas essas expressões em inglês que fazem parte do cotidiano de muitos brasileiros. A língua invade escritórios, ruas, bate papo com os amigos e até mesmo movimentos históricos de luta contra repressões.

NO DRAMA

Será uma odisseia aprender inglês depois de adulto?

Navegando pela internet você se depara com aquela vaga incrível de emprego. Ela simplesmente é a sua cara. Mas antes de enviar o currículo decidiu ler tudo. Foi quando surgiu um problema: uma qualificação obrigatória chamada “proficiência em inglês”. E desistiu de candidatar-se.

Subcategorias

Contato

Connect With Us