GETSET

Expressões feministas

“Hoje tenho um cofee break¹ importante e não sei como ficarão meus horários. Só sei que vai rolar um happy hour² para fugir da hora do rush³”. Provavelmente você já ouviu todas essas expressões em inglês que fazem parte do cotidiano de muitos brasileiros. A língua invade escritórios, ruas, bate papo com os amigos e até mesmo movimentos históricos de luta contra repressões.

No Dia Internacional da Mulher (8 de março) decidimos falar de algumas expressões em inglês usadas para explicar práticas intelectuais contra as mulheres. Em mais de 200 anos de movimento, o feminismo é marcado por momentos de fatos históricos como o voto feminino, o direito de acesso ao ensino superior, igualdade de salários, dentre outros. Abaixo compilamos quatro expressões em inglês, muito usadas por feministas, que caracterizam práticas machistas contra o intelecto das mulheres.

Gaslighting

A expressão está diretamente ligada à violência emocional por meio de manipulação psicológica que leva a vítima, e todos ao seu redor, acharem que ela está louca ou é incapaz.

O termo deve sua origem à peça de teatral Gas Light (1938) e suas adaptações para o cinema.  O roteiro trata da história de um marido que tenta convencer sua esposa e todos a sua volta de que ela está louca. Ele manipula informações e elementos do seu ambiente, a acusando de loucura quando ela aponta tais mudanças.

O termo é muito usado para caracterizar a prática machista de manipulação contra as mulheres, as fazendo duvidar de seu próprio senso de realidade, sanidade, raciocínio e, até mesmo, memórias.

Mansplaining

O termo é a junção de man (homem) e explaining (explicação) e é usado quando um homem explica didaticamente a uma mulher algo óbvio, como se ela fosse incapaz de entender. Mansplaining também é usado por muitas feministas para caracterizar quando alguém explica que uma mulher está errada a respeito de algo que está certa.

Manterrupting

Outra junção: man (homem) + interrupting (interrupção). É quando em reuniões e palestras mista, mulheres são constantemente interrompidas. Em tradução livre o termo é “homens que interrompem”.

Bropriating

Junção de bro (termo curto para irmão, brother) e appropriating (apropriação), o termo se refere aos homens que se apropriam da ideia de mulheres e levam o crédito por isso. É quando a mulher fala e não é ouvida. Em seguida o homem repete exatamente o que ela disse, se apropria da ideia e é aplaudido por isso.

Reconheceu alguma atitude dessa no seu dia a dia?  Se quiser compartilhar alguma expressão, divide com a gente nos comentários. E não só hoje como em todos os dias: #VamosJuntas

Se não entendeu as primeiras expressões, a gente explica:

1) Coffe break – uma pausa, que acontece muito no meio de reuniões, em que as pessoas fazem um lanche e convivem.

2) Happy hour – período do dia – no fim do expediente do trabalho – em que as pessoas se encontram em bares e restaurantes para confraternizar.

3) Rush – período em que o transito costuma ficar congestionado pela grande concentração de veículos nas ruas no final do horário comercial de expediente de trabalho.

Contato

Connect With Us